CONTER apresenta balanço de fiscalização do quarto trimestre de 2017

0
14

De 1º de setembro a 31 de dezembro de 2017, os Conselhos Regionais de Técnicos em Radiologia (CRTRs) fiscalizaram 336 cidades, 1.312 estabelecimentos e 6.990 profissionais. Esse volume representa 6,13% dos profissionais ativos em todo o país. Os dados são da Coordenação Nacional de Fiscalização (CONAFI). Veja o detalhamento completo dos números:

Segundo a coordenadora nacional de fiscalização do Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia (CONTER), Luciene Maria do Prado, nos primeiros nove meses do ano, mais de mil cidades e cerca de 20 mil profissionais foram fiscalizados. “Estamos processando os últimos dados e, agora em abril, vamos apresentar o balanço completo de fiscalização do ano passado. A fiscalização é a atividade-fim do sistema. Portanto, é importante demonstrar, estatisticamente, o avanço das nossas equipes e a manutenção do controle da profissão”, afirma.

Em 2018, o CONTER e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) vão estabelecer uma agenda conjunta de fiscalizações, para aumentar a efetividade do trabalho. “As duas instituições juntas podem resolver os casos de exercício ilegal e de irregularidades sanitárias ao mesmo tempo. O objetivo desta parceria é oferecer serviços de radiologia mais seguros para a população e ambientes de trabalho mais saudáveis para os profissionais”, afirma o presidente da CONAFI, o conselheiro federal Luciano Guedes.

De acordo com o presidente do CONTER Manoel Benedito Viana Santos, agora em março foi realizado o 9º curso de capacitação para os agentes fiscais dos Conselhos de Radiologia. “Oferecemos uma capacitação completa, aperfeiçoamos os sistemas de informação e definimos nossas prioridades para este ano. Vamos perseguir a meta de erradicar o exercício ilegal das técnicas radiológicas e contamos com a categoria nesta missão”, diz.

Os profissionais e a sociedade podem ajudar os Conselhos de Radiologia a manterem o controle jurisdicional da profissão. Qualquer pessoa que souber de algum caso de exercício ilegal das técnicas radiológicas, pode e deve apresentar denúncia às autoridades competentes. Isso pode ser feito nos próprios CRTRs ou no formulário disponibilizado no Portal CONTER.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here