A pandemia do coronavírus não acabou

O ano de 2020 ficará na história do planeta. A pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2), já matou mais de 1,2 milhão de pessoas em todo o mundo. Aqui no Brasil, o primeiro caso de coronavírus foi registrado em 26 de fevereiro, em um paciente de 61 anos, que viajou à Itália e ficou internado em São Paulo. Na Bahia, a primeira vítima foi uma mulher, de 34 anos, que morava em Feira de Santana, e assim como o paciente de São Paulo, retornava da Itália. Esse caso foi registrado pela Secretaria Estadual da Saúde da Bahia (SESAB), no dia 6 de março. A partir daí, os números só cresceram. Hoje (13/11), o Ministério da Saúde registra em seu sistema 5.783.647 casos da doença no país. Já perdemos 164.332 vidas.

Na Bahia, Sergipe e Alagoas, estados de abrangência do Conselho Regional de Técnicos e Tecnólogos (CRTR8), somam-se mais de 529 mil casos da COVID-19, e mais de 12 mil pessoas perderam a vida. É uma situação triste, de calamidade. São vidas que perdemos, entre crianças, adultos e idosos. Trabalhadores da radiologia, da área da saúde, educação, segurança, e por aí vai. Por mais que se tenha feito para combater a doença, ainda vivemos em alerta.

A doença não acabou! Todo cuidado é muito importante. Permaneça atendendo as orientações das instituições de saúde: distanciamento social, uso de máscara, álcool em gel, higienização das mercadorias, evitar aglomerações, e por aí vai. Enquanto não existir uma vacina, não estaremos seguros. Todo cuidado é pouco. Se previna! A COVID-19 não acabou!

#Coronavirus #CRTR8

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*